O Mundo Online Constitui o
Ágora Astral da Nossa Aldeia Planetária
 
 
Carlos Cardoso Aveline
 
 
 
A assembleia planetária de hoje e o Ágora ou ponto de encontro na Grécia Antiga
 
 
 
Ethos”, dizem os dicionários, é o caráter fundamental e o espírito de uma cultura ou sociedade.
 
Cada nação tem o seu próprio ethos. Possui um carma comum, uma herança coletiva compartilhada pelos seus cidadãos. As escolas de pensamento filosófico e teosófico constituem uma comunidade com gente de muitas nações, e essa coletividade sutil possui o seu próprio tipo de “caráter” ou identidade. As associações teosóficas existem em 70 ou 75 países, embora haja mais de 180 estados-membros nas Nações Unidas.
 
Os teosofistas ainda estão limitados a pequenos grupos, mas eles já existem em um número significativo de nações, e o ethos de muitos países tem estado interagindo há mais de um século com alguns dos princípios fundamentais da filosofia esotérica. O projeto teosófico de uma fraternidade planetária é tão antigo quanto a humanidade e a sua presença pode ser reconhecida de um modo ou de outro na maior parte das religiões e filosofias.
 
A Internet também ultrapassa as fronteiras nacionais e vem colocando cada indivíduo em contato potencial com todos os outros ao redor do planeta. No debate internacional, pessoas de muitas culturas acrescentam diversos tons e pontos de vista ao diálogo sobre a vida e o futuro humano. Novos lugares ao redor do planeta – alguns deles situados em locais não geográficos – emergem como fatores ativos na renovação dos movimentos que desejam o bem da humanidade. Isso produz uma variedade de estilos, em ação, em liderança, e nas atitudes que se tem diante do dever e do dharma do esforço humanista.  
 
O projeto teosófico é multicultural e interlinguístico. Ele transcende os limites nacionais, e também os respeita. Ele vê a diversidade e a unidade como partes necessárias da vida.
 
A busca da sabedoria esotérica é feita por pessoas de diferentes idades, classes sociais e talentos. À medida que a vida se transfere cada vez mais, após cada ano, para o mundo sutil online que faz parte da luz astral, a partilha democrática de informação e de responsabilidade se torna mais imediata e mais decisiva.
 
A Internet está surgindo como um veículo eficiente para um diálogo racional que flui em harmonia com a contemplação interior. O mundo online é o grande Ágora abstrato, a praça do mercado de ideias e o ponto de encontro das pessoas. No Ágora, as nações e os cidadãos planetários de todos os povos compartilham ideias, pontos de vista, perplexidades e o testemunho das suas experiências. Um ethos global está surgindo, e a teosofia é parte do elemento que o mantém unido e dá a ele a sua substância interna.
 
A palavra “ética” tem uma relação direta com ethos: significa um sentimento de dever para com a coletividade a que pertencemos e no século 21 todos podem ver que a nossa coletividade é o planeta inteiro. Mesmo o nosso sistema solar não pode ser visto como algo muito além de uma aldeia local
 
O movimento teosófico pode compreender este fato, e a contribuição que ele dá para a construção de um ethos planetário deve ser, ao mesmo tempo, pensada e contemplativa. A filosofia esotérica tem um papel silencioso, invisível, mas eficaz a cumprir no despertar global. O movimento teosófico já começa a perceber esta tarefa. No entanto, o despertar abrangente também segue as regras e o carma de cada Ethos local. Alguns países são mais abertos à mudança do que outros. Nenhum deles precisa ser desmantelado por causa do crescimento da consciência planetária. As nações se tornam mais sutis em sua substância, no entanto o respeito por elas é um ponto essencial.
 
Alguns indivíduos e grupos espirituais pensam que sabem demasiado para ainda terem de aprender alguma coisa sobre a vida. Desde outros pontos de vista, porém, a vida é sempre nova e deve ser inventada todos os dias.
 
Aprender é provavelmente o principal propósito da vida: aprender a lei da ajuda mútua e da solidariedade. Tudo acontece sempre de acordo com a Lei, e acontece no ritmo mais adequado para o funcionamento da Lei. Não é possível acelerar ou retardar o surgimento de um novo dia. O espírito e o povo de cada lugar e nação têm muito a contribuir para o novo Ethos global e a sua Ética planetária. As lições que eles ensinam são diferentes, e nós necessitamos de todas elas.
 
000
 
O texto acima é uma tradução do artigo “The Ethos of Global Citizenship”. Foi publicado em nossos websites associados dia 28 de dezembro de 2018.
 
000
 
O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto).
 
 
Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:
 
 
000